Uncategorized


O grande desafio deste verão foi estar tanto tempo longe do Junior, meu amado companheiro!
Ficou dificil, foram algumas noites sem conseguir dormir, outras nem tanto pois era tamanho cansaço que simplesmente apagava. chorei algumas vezes de saudade, chorei algumas vezes de querer estar no campo com ele, meu amado parceiro!

Durante estes dias em casa sozinha com as crianças eu percebi que alguns dias eu havia falado apenas com as crianças o dia todo, a correria dos afazeres domésticos e cuidados com meus filhos me sobravam pouco tempo e “folego” para pegar o telefone e/ou o carro e visitar alguma pessoa.

Me vinha um sentimento de frustração, solidão e vontade de estar ativa no ministério.


As Crianças – Nós oravamos pelo papai todos os dias. O Gian Carlo sentia saudades sim, mas estava orgulhoso em saber que o papai estava contando historinhas da biblia para as crianças! ( que simplicidade em descrever o que o Junior faz na Irlanda, sabedoria infantil!) e ele sempre dizendo que vai ajudar o papai no onibus quando crescer.
Ver a alegria delas ao ver o papai chegando em casa e contando tudo o que eles viram, aprenderam, experimentaram de novo. O abraço no papai era algo indescritivel, era sem fim, eles abraçavam o Junior com o corpo todo.

Me vinha um sentimento de irresponsabilidade, insegurança em educar estas duas crianças longe da familia e agora longe tambem do pai.

Um sentimento de estar “separada” e ” deixada de lado” do ministério ao qual fomos chamados para estar atuando na Irlanda.

BUsquei muito a Deus, clamei a Ele nas noites em que nao conseguia dormir e Deus foi me dando conforto na Sua Palavra que é VIVA!!

“Porque eu o escolhi para que ordene a seus filhos e a sua casa depois dele, a fim de que guardem o caminho do Senhor e pratiquem a justiça e o juízo” (Gênesis 18:19)

“O que ouvimos e aprendemos, o que nos contaram nossos pais, não o encobriremos a seus filhos; contaremos à vindoura geração os louvores do Senhor, e o seu poder, e as maravilhas que fez” (Salmo 78:3-4).

“Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele” (prov 22:6).

Deus tranformou meu pranto e minha dor em alegria e nova energia para continuar, tenho a convicção de que o meu papel aqui na Irlanda ainda é importante, não estou mais no exército da frente, mas de tamanha importancia é o que estou fazendo em casa. Enquanto o Junior esta no campo lutando e proclamando a vitória de um Deus VIVO e verdadeiro, ele pode descansar e estar certo de que nós 3 aqui em casa vibramos com cada “rodada” desta batalha e nos orgulhamos dele como um Homem temente a Deus e de tamanha ousadia que enfrenta o seus próprios sentimentos a favor de um povo (Ilrandeses) que precisa ouvir das Boas Novas. E ao chegar em casa ele tem um “porto seguro”, cheirinho nosso, o nosso amor, carinho e gratidão.

Juntos celebramos e damos louvor a Deus, para Ele seja toda a honra e toda a glória! Amém!

Na Alegria Do Deus VIVO!!
Lucimara De Larina

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s